Professor na Califórnia proibido de distribuir Panfleto

Quando as boas intenções são tomadas como afronta e mal-encaradas.

Um Professor não-binário da Escola Secundária Denair, na Califórnia, criou e distribuiu um panfleto gráfico de forma a ajudar a explicar os vários géneros e identidades aos seus alunos, foi obrigado a parar.

Este professor de ciências, decidiu entregar aos seus alunos do sétimo e oitavo ano panfletos que havia imprimido com base no Trans Student Educational Resorces, durante o seu primeiro dia de escola, de forma a ensiná-los da existência de vários géneros e dos sentimentos e identidade que cada um pode ter, bem como o facto de que pessoas não-binárias gostam ser designadas por Sx e não Sr ou Sra.

O professor em questão foi parado de entregar estes panfletos pelo director da escola, sobre a pretensa de que o assunto retratado nos mesmos será reflectido durante as aulas de saúde e que ele estava a violar as regras da escola ao falar de assuntos que não são ensinados na sua classe.

Mesmo assim, a escola recebeu queixas de vários pais, nomeadamente através de comentário no Facebook!

“O meu filho-adotivo chegou da escola com este papel, que havia sido entregue durante o primeiro e segundo termo dos sétimos anos…. Tal situação foi parada depois do segundo termo, em que o professor foi reprimido.

Eu não quero saber como se identifica, isso é a sua decisão. Mas NINGUEM tem o direito de perguntar ao meu filho estas questões que não têm nada a ver com o que está a ser ensinado nessa aula”, disse uma mãe

Apesar de tudo, alguns pais vieram dar o apoio ao professor pela situação apresentada escrevendo no Facebook: “Então o problema foi que estes panfletos vieram das mãos do professor de ciências e não das mãos de um professor de educação sexual?”

“Hoje em dia as crianças são bem mais sofisticadas devido a esta era de informação. Eu não vejo nenhum mal em educá-los na diversidade. Pois isto ajuda-os a serem mais respeitadores e terem mentes mais abertas quando se cruzarem com pessoas que pareçam diferentes deles.”

O panfleto entregue que busca ensinar as crianças sobre os géneros e identidades.

Nos dias que correm ser professor é considerado uma das profissões mais desafiadoras desta época, visto que têm de estar em contacto com situações e problemas causados pelos pais e alunos. Independentemente da idade! Acrescentando às questões já antigas, várias novas têm vindo a surgir e vêm para ficar!

Like this article?

Share on facebook
Share on Facebook
Share on twitter
Share on Twitter
Share on linkedin
Share on Linkdin
Share on pinterest
Share on Pinterest
Miguel Soromenho

Miguel Soromenho

Miguel Soromenho Pereira é um rapaz português, escorpião. Mora em Oeiras e estudou Arquitectura e Videojogos. Gosta de praticar desporto e ginásio, meditar, yoga, ler e jogar. Trabalha como Sub-director do Pois desde Janeiro 2019.

Check More Posts

Leave a comment