in

Portugal em Primeiro Lugar no ranking Mundial dos países mais amigáveis a turistas LGBT+

por Spartacus Gay Travel

Os países mais friendly ​​para os turistas LGBT+ são o Canadá, Portugal e Suécia, de acordo com um recém-divulgado índice de viagens Spartacus Gay Travel para 2019. Os três países empataram para o topo do ranking, e 13 países – quase todos na Europa – empataram em quarto lugar.

O índice classificou 197 países com base em 14 critérios, incluindo leis anti discriminatórias, leis sobre casamento e parceria civil, leis de adoção, direitos transgéneros e perseguição.

Portugal ascende assim ao primeiro lugar neste ano. Foi um grande salto em relação ao ano passado, quando o país ficou em 27º lugar no índice. Portugal, Canadá e Suécia receberam uma nota máxima este ano no critério das leis anti discriminatórias.

Os Estados Unidos ficaram em 47º lugar compartilhado com outros nove países: Bermuda, Bósnia-Herzegovina, Chile, Costa Rica, Croácia, Cuba, Macau, Seychelles e Tailândia.

Os EUA estão a cair constantemente nos rankings desde a tomada de posse de Donald Trump. Ficaram em terceiro lugar em 2017 e caíram para o número 39 no ano passado, quando o Spartacus International Gay Guide apontou as “tentativas de reduzir os direitos dos transgéneros nas forças armadas” do presidente Trump como um factor importante para o declínio.

A nação menos amigável é a Chechênia, número 197, que está envolvida, segundo o Guia Gay Internacional de Spartacus, em “perseguições organizadas pelo Estado e assassinatos de homossexuais“.

Os cinco últimos são os da Somália, Arábia Saudita, Irã e Iêmen. Todos os cinco receberam notas negativas por assassinatos e sentenças de morte envolvendo a comunidade LGBT+.

Podes confirmar a lista toda e os critérios aqui: Spartacus Gay travel Index 2019

Foto de capa retirada do site Propertiy Guides

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

Comments

0 comments

“Karlegacy”

Luís Sampaio, o Sweet Boy de Março