Homossexualidade deixa de ser crime na Índia

A decisão foi tomada por unanimidade por cinco juízes do Supremo Tribunal. “Qualquer relação sexual consentida entre dois adultos – homossexuais, bissexuais ou lésbicas – não pode ser considerada anticonstitucional”, anunciou o juiz Dipak Misra.

O Supremo Tribunal da Índia vem assim abolir a lei imposta durante o domínio britânico, conhecida por “secção 377”, que proibia “relações carnais contra a ordem da natureza com qualquer homem, mulher ou animal”.

Já em 2009, o supremo de Deli revoga revogara a Secção 377 do codigo penal considerando que a proibição de “relações sexuais contra a ordem natural” violava os direitos á vida, liberdade e igualdade inscritos na constituição indiana. Quatro anos mais tarde, em 2013 o mesmo tribunal considerava que o seu uso era tão pouco frequente, e visava uma “parte tão minúscula” da população, que não podia considerar-se que violava os direitos constitucionais dos indianos.

Hoje, o supremo tribunal pôs fim a uma lei com 160 anos fazendo assim um grande avanção nos direitos LGBT na India.

Like this article?

Share on facebook
Share on Facebook
Share on twitter
Share on Twitter
Share on linkedin
Share on Linkdin
Share on pinterest
Share on Pinterest
Nelson Farrim

Nelson Farrim

Nelson de Pina Farrim é o Fundador do Portal de notícias Pois.pt, nasceu em 15 de Julho de 1991. Estudou fisioterapia, mas muito cedo percebeu que o seu caminho passava pelo activismo dos direitos das mulheres e da comunidade LGBT+, o que o levou a criar o portal Pois.pt. É modelo, gosta de jogos de consola e pratica ginásio.

Check More Posts

Leave a comment

Log In

Forgot password?

Forgot password?

Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Log in

Privacy Policy

To use social login you have to agree with the storage and handling of your data by this website. GDPR Política de privacidade

Add to Collection

No Collections

Here you'll find all collections you've created before.