Encontro do Grindr termina com violência e roubo

O homem foi agredido pelo seu encontro do Grindr no Four Points Hotel by Sheraton, em Manhattan.
Grindr
Four Points Hotel by Sheraton, Manhattan (Google Maps)

Um encontro do Grindr terminou num assalto à mão armada, com o agressor a fugir com 1000 dólares (cerca de 925€) em dinheiro, um telemóvel e um tablet.

A vítima de 33 anos conheceu o homem na aplicação e acabaram por combinar um encontro no centro de Manhattan, no dia 5 de maio.

Segundo a polícia, terão entrado no Four Points Hotel by Sheraton por volta das 20h30. Todavia, assim que chegaram ao quarto do hotel, a noite mudou por completo, quando o agressor apontou uma arma à vítima. Após o ter agredido, forçou-o a deitar-se na cama e fugiu com o dinheiro e outros bens valiosos.

A vítima, que ficou com um corte na cabeça, foi levada para o Hospital St. Luke. O New York Post entrou em contato com o gerente do hotel para comentar, mas não recebeu resposta.

O Grindr é frequentemente usado para atrair homens gays a cenários perigosos. Infelizmente, esta é de longe a primeira vez que o Grindr aparece ligado a crimes violentos. No mês passado, por exemplo, um homem foi agredido no seu próprio apartamento durante um suposto encontro com alguém que tinha conhecido na aplicação pouco tempo antes.

Like this article?

Share on facebook
Share on Facebook
Share on twitter
Share on Twitter
Share on linkedin
Share on Linkdin
Share on pinterest
Share on Pinterest
Nelson Farrim

Nelson Farrim

Nelson de Pina Farrim é o Fundador do Portal de notícias Pois.pt, nasceu em 15 de Julho de 1991. Estudou fisioterapia, mas muito cedo percebeu que o seu caminho passava pelo activismo dos direitos das mulheres e da comunidade LGBT+, o que o levou a criar o portal Pois.pt. É modelo, gosta de jogos de consola e pratica ginásio.

Check More Posts

Leave a comment